No livro Condição da Escuta Giuliano Obici propõe pensar a escuta a partir das mídias e dos territórios sonoros delineados pelos dispositivos de registro, difusão, codificação e compartilhamento de dados sonoros. Uma busca por mapear as transformações que vêm ocorrendo no plano sensível, bem como relações que se estabelecem a partir dos dispositivos de escuta vinculados à tecnologia. O livro é uma revisão da pesquisa de mestrado realizada pelo programa de Comunicação e Semiótica e o Núcleo de Subjetividade na PUC-SP.

condição da escuta: mídias e territórios sonoros

giuliano obicihome.htmlhome.htmlshapeimage_1_link_0